Desfrute.net - A Palavra de Deus como nosso alimento diário Deus deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade - 1 Timóteo 2:3-4

Canais

· Página Inicial

· Artigos

· Dicionário Bíblico

· Weblog

· Guia de Sites

· Livro de Visitas


Sobre o Site

· Cremos que...

· Nossa visão

· Desfrute!?


Etc

· Contate-nos

· Mapa do Site

Sobre o texto
Seção
Artigos

Publicado em
02-12-2007

Versão para Imprimir

Enviar por email

Comente!

Esperança

Muitas vezes a nossa vida se compara à de uma árvore. Assim como a árvore, nós também vivemos diferentes estações. Não há como fugir delas. O inverno talvez seja a estação mais triste. As folhas começam a murchar até caírem completamente. As flores já não existem mais; os frutos desaparecem. O que resta, para quem observa a pobre árvore, são os galhos retorcidos que, uma vez expostos, revelam as imperfeições antes escondidas pela beleza superficial. Mas não devemos nos enganar: aquilo que parece estar matando a árvore na verdade é essencial para sua sobrevivência. Ainda que o inverno esteja rigoroso, seco, sem cor ou perfume, a árvore não está morta. A vida está dentro dela. As forças, antes usadas para embelezar a árvore, agora são gastas para fazê-la crescer, onde ninguém vê, aprofundando suas raízes. Dizem ainda que em muitos lugares onde não há inverno as árvores não produzem frutos.

E assim também acontece conosco. Muitas vezes Deus nos guia até o deserto para ali nos revelar o nosso próprio coração ("E te lembrarás de todo o caminho, pelo qual o SENHOR teu Deus te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos, ou não" Deuteronômio 8:2). Toda a beleza superficial desaparece e passamos a enxergar as nossas próprias falhas e limitações.Nossa justiça própria se revela como um "trapo de imundície" ("Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades como um vento nos arrebatam". Isaías 64:6) e nós murchamos como as folhas de uma árvore seca. As circunstâncias que não podemos mudar e os sonhos que parecem não se realizar nos levam a um estado de desconsolo e desesperança semelhante ao de uma árvore no inverno, adoecendo nosso coração ("A esperança adiada desfalece o coração, mas o desejo atendido é árvore de vida". Provérbios 13:12).

Muitos se perdem exatamente aí, no inverno de suas vidas. Mas, em vez disso, podemos nos render ao processo divino de fazer morrer o que é superficial e ganhar vida no interior. São mudanças de valores que fazem parte do nosso crescimento espiritual. O inverno é uma oportunidade de conhecermos a nós mesmos e de sermos transformados à medida em que conhecemos a Deus intimamente. É no inverno da alma que podemos aprender a dependência total para com o Senhor e a desfrutar o descanso em sua soberana vontade. É na morte do "eu" que renascemos para uma nova vida: aquela que Deus tem para nós. É na falência de nossas próprias tentativas que passamos a experimentar o braço do Senhor agindo em nosso lugar. É quando não podemos mais seguir adiante que Deus nos carrega em seu colo paterno e, então podemos chegar onde devemos ir. É na nossa limitação que experimentamos o poder de Deus se aperfeiçoando em nossa fraqueza.

É assim que trocamos os trapos da nossa justiça própria pela obra perfeita e graciosa de Cristo na cruz.

Versão para imprimir | Enviar por email | Comente!

Participe

Diga-nos o que você achou do Desfrute.net. Envie-nos o seu comentário ou sugestão!"


Leia com Oração

Deus deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.

1Timóteo 2:2-4


Gostou do site?
Então recomende!
Todos os direitos reservados.
Para reproduzir conteúdo deste site no todo ou em parte, entre em contato.